Receita de sabonete líquido artesanal

Alessandra Quedi 24 de maio de 2012 1
Receita de sabonete líquido artesanal

A receita na verdade ensina a transformar o sabonete em barra em sabonete líquido, por isso é uma versão tão fácil e barata, que exige apenas uma panela, fogão e uma batedeira ou liquidificador. O custo final vai ficar em torno de R$2,50, sem a embalagem.

Para a receita funcionar bem é preciso usar sabonetes que não tenham hidratante em sua composição. O hidratante não deixa o sabonete líquido mesclar e chegar no ponto certo. Portanto escolham um sabonete com um perfume que gostem mas que seja um sabonete normal.

Rale a barra de um sabonete com um ralador de queijo. Quanto menor os pedaços mais rápido de fazer;

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Coloque numa panela grande 2 litros de água para aquecer. Não pode ferver;

Quando a água começar a soltar bolhas despeje o sabonete ralado dentro da panela e baixe o fogo. Não pode ferver;

Providencie também glicerina líquida. Vocês encontram em farmácias ou em perfumarias;

Adicione imediatamente depois do sabonete duas colheres de sopa de glicerina;

Mexa bem até dissolver todo o sabonete. Isso leva uns 5 minutos no máximo;

Desligue o fogo e vamos aguardar o sabonete esfriar por pelo menos 12 horas. Nesse ponto o sabonete já tem a aparência líquida que queremos, mas é preciso que ele complete o processo. Eu esperei até o dia seguinte;

Depois de frio a consistência ficará firme como um pudim. É assim que deve ser;

Agora para chegar na consistência líquida certa, bata bem com uma batedeira ou use o liquidificador. Se o sabonete estiver muito grosso adicione água morninha quase fria aos poucos até acertar o ponto;

O sabonete líquido pronto esta pronto para uso e armazene em um galão plástico,  lembre-se de agitar de vez em quando;
Onde você pode vender ou presentear, use sua criatividade para decoração, onde vale tudo, desde que fique bonito, mas se for vender respeitem as regras , com data de fabricação,validade e ingredientes.Onde você pode escrever a mão ou usar uma etiqueta mais sofisticada.

Fonte: Vila do artesã

1 Comentário »

  1. Elizete 8 de setembro de 2012 at 00:14 - Responder

    Qual o prazo de validade? Obrigada

Deixar uma Resposta »