Bolo de Rolo

Alessandra Quedi 6 de julho de 2008 2

phpSRKlYd

Primeiro foi o modo de fazer acarajé, agora também entram na lista de patrimônios culturais e imateriais o famoso bolo-de-rolo e o tradicional souza leão.

Os doces pernambucanos são conhecidos como tal apenas no seu próprio estado a partir de uma lei sancionada pelo governador Eduardo Campos, no dia 24 de abril deste ano. Na prática, o título dá status a tradicional doçaria de Pernambuco, além de proteger a receita familiar original que nasceu em um engenho de açúcar, no caso do souza leão.

Para quem nunca viu e experimentou, ele é bem amarelinho e lembra um quindim só que de mandioca, portanto mais denso. Com textura úmida e macia é preparado com coco ralado, manteiga, leite de coco, gemas e massa de mandioca, e tem dona Rita de Cássia Souza Leão como as suas criadoras, senhora do engenho São Bartolomeu, que resolveu não usar mais nenhum ingrediente que vinha de Portugal. A farinha de trigo foi substituída pela mandioca, a manteiga francesa pela fabricada no próprio engenho e o leite pelo leite de coco.

Continue lendo e veja a receita do BOLO DE ROLO.

Também saboroso, porém mais atraente visualmente, pelas suas várias camadas finas com recheio de goiabada, o bolo-de-rolo já caiu nas graças de artistas como Jô Soares, Caetano Veloso e Chico Buarque de Holanda. Quem também o degustou foi João Paulo II, durante a sua visita a Recife em 1980.

A receita mais conhecida e tradicional está na Casa dos Frios, em Recife, com mais de meio século de vida e muita história. Muita gente não sabe, mas a casa faz o bolo com outros recheios, como, doce de leite, ameixa, chocolate, amêndoa, nozes e maracujá. È vendido em inteiro (2 Kg e 1 Kg), em fatias, na forma de bombom e biscoito. A casa ainda mantém um quiosque no Aeroporto de Guararapes, para os esquecidos que querem levar uma boa lembrança da cidade aos amigos e parentes. Sorte de quem recebê-la.

Por Juliana Lopes

Por Vila Sabor

Receita indicada por Socorro Santos.

Rendimento

8 porções

Ingredientes

  • 250 gr de açúcar
  • 250 gr de manteiga
  • 5 unidade(s) de ovo
  • 250 gr de farinha de trigo
  • 1/2 lata(s) de goiabada

Modo de preparo

Bate bem o açúcar e a manteiga.Junte as gemas, uma a uma. Depois, as claras em neve. Acrescente o trigo peneirado e misture, delicadamente. Divide a massa em 7 assadeiras rasas, untadas com manteiga e trigo. Em forno pré-aquecido asse uma de cada vez, por pouco tempo. Desinforme em toalha polvilhada com açúcar. Recheie com a goiabada derretida e enrole rapidamente, com ajuda da toalha. Repita o mesmo processo, até a última camada. Coloque no prato de servir e polvilhe açúcar.

2 Comentários »

  1. marcos roberto 16 de julho de 2009 at 22:38 - Responder

    provavelmente esta demorando muito no forno experimente uar o forno um pouco mais baixo .por ser muito fina assa muito rapido. resposta a Adoree Grave.

  2. Adoree Grave 27 de agosto de 2008 at 10:19 - Responder

    Faço este bolo que é muito requisitado por toda minha fafilia; mas a minha massa fica seca e quebradiça tipo biscoito mas é muito gostosa o problema é na hora de enrrolar as primeiras camadas porque quebra muito as ultimas camadas ja ficam melhores o que devo fazer. Apezar do trabalhinho que da amo fazer esta gulosema. Não deixe de mim enviar uma sugestão Antecipadamente agradece Adoree

Deixar uma Resposta »