A escolha certa da jóia ou bijuteria: Brincos

Alessandra Quedi 5 de junho de 2008 0

phpMQ0g89

Um par de brincos é um acessório indispensável para a mulher. O modelo certo confere acabamento perfeito ao traje. O segredo é escolher aquele que favoreça rosto, pescoço, orelhas e corte de cabelos. Veja o que combina com cada formato de rosto e os efeitos que os modelos proporcionam.

Os brincos

  • Do tipo botão: enfatizam nariz e queixo proeminentes.
  • Dourados: ficam bem em todo tipo de pele.
  • Prateados foscos: só brilham nas castanhas, morenas e negras.
  • Longos: alongam visualmente o rosto (desfavorecem quem tem rosto comprido) e podem ser usados com vários tipos de golas e decotes (“V”, redondo, “U”, tomara-que-caia, ombro-a-ombro, colarinhos de camisas e golas de paletó).
  • Em pérolas, em ouro ou brilhante: são adequados a qualquer produção, da esportiva à social.
  • De argolas: combinam com todos os formatos de rosto, porém são muito esportivos para serem usados com roupa social, exceto quando forrados de brilhos ou diamantes!
Rosto Triangular
Caem bem:
os brincos pequenos, circulares e largos.
Deixe de lado: os angulares e pontudos.
Rosto redondo
Caem bem:
os brincos grandes, longos, em formato de pingente, angulares, soltos, assimétricos e quadrados.
Deixe de lado: os pequenos e argolas muito grandes.
Rosto quadrado
Caem bem:
os brincos largos, longos e geométricos.
Deixe de lado: os redondos, pequenos e triangulares.
Rosto oval
Caem bem:
os brincos redondos, ovais e largos.
Deixe de lado: os estreitos com elementos pendurados.
Rosto miúdo
Caem bem:
os brincos volumosos, que ampliam o rosto, e argolas grossas.
Deixe de lado: os pequenos e compridos.
Rosto graúdo
Caem bem:
os brincos pingentes, argolas e de formato oval.
Deixe de lado: os pequenos e com formatos geométricos.
Rosto envelhecido com rugas
Caem bem:
os brincos pequenos. De preferência os dourados, com pedras brilhantes.
Pessoas assim, nunca devem ficar sem brinco.
Rosto longo
Caem bem:
os brincos em formato chuveiro, que tenham volume.
Deixe de lado: os modelos e pingentes longos.
Para quem usa óculos
Caem bem:
os brincos pequenos, em metal ou ouro, que combinem com a roupa, e não com os óculos.
Deixe de lado: os grandes e os modelos feitos com material parecido com o da armação.

Fonte:Gustavo Sarti

Deixar uma Resposta »