Como cuidar da pele no inverno

Alessandra Quedi 9 de janeiro de 2012 0
Como cuidar da pele no inverno

Tempo seco e frio provocam ressecamentos, rachaduras e até dermatites. Veja como evitá-los e manter a pele sempre saudável.

Baixas temperaturas e ar seco exigem cuidados extras com a pele. De acordo com a dermatologista Monika Brandão, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), é possível passar pelo inverno sem sofrer tanto com ressecamentos e descamações. “Com alguns pequenos cuidados, a pele pode ficar ainda mais bonita nessa época”, comenta a médica.

Pele – O primeiro sinal da agressão do frio é o ressecamento, por isso o uso de um bom hidratante é imprescindível. “Para quem tem pele seca, são indicados produtos à base de óleo de amêndoa, aloe vera e uréia. Já para as peles oleosas, as opções em forma de gel (oil-free) são melhores, pois cumprem a função de proteger do frio, minimizando o aparecimento de cravos e espinhas”, explica Dra. Monika Brandão.

Boca – A temperatura baixa favorece o ressecamento dos lábios, podendo causar rachaduras. Por isso, uma dica é evitar passar a língua nos lábios constantemente. “A saliva tem o pH mais ácido que o da pele e pode ressecar os lábios. É importante não esquecer do protetor labial”, ensina a médica. Você pode manter os lábios hidratados também com balms ou manteiga de cacau.

Banho – Atenção à temperatura da água e aos tipos de sabonetes usados no banho. O ideal é optar por aqueles à base de glicerina e óleos lubrificantes. Evite temperaturas muito quentes e banhos muito prolongados, além do uso constante de buchas, pois removem a camada que protege a pele e que ajuda a mantê-la hidratada.

Pés – Com o frio, a maioria das pessoas dá preferência aos sapatos fechados, que facilitam problemas nas unhas e o aparecimento de calos. Além disso, podem aparecer fungos, bactérias e frieiras. “Após o banho quente, é comum colocar meias para proteger os pés do frio antes de secar bem a região. A dica é não esquecer de esfregar os pés (em especial os cantos das unhas) com uma escovinha macia e secá-los bem antes de colocar a meia. Uma hidratação com um creme específico para a região também é bem-vinda”, fala a especialista.

Dermatites – Além das irritações e descamações naturais da pele, podem ocorrer a dermatite atópica, quando a pele fica muito seca e áspera, e a dermatite seborréica, conhecida popularmente como caspa. Nestes casos, o ideal é procurar um especialista da área para indicar o tratamento ideal.

Deixar uma Resposta »