Realize o sonho de ter cabelos lisos

Alessandra Quedi 10 de outubro de 2008 1

[cabelos+lisos.jpg]

Quem é que não sonha com cabelos domados e no lugar como os das atrizes dos filmes e novelas? A realidade pode ser bem diferente da ficção e o comum é encontrar mulheres desesperadas e insatisfeitas com a rebeldia das melenas. Várias técnicas disponíveis nos salões de beleza podem deixar os cabelos escorridos, como mostra o cabeleireiro Beto Silva, do MG Hair Design.
Apesar de a moda apontar para cabelos ondulados e propositalmente bagunçados, os cortes mais pedidos nos salões ainda são inspirados em fios lisos, que podem ser conseguidos com tratamentos de cremes e xampus, prancha alisadora (chapinha), amaciamento, alisamento japonês e a escova tradicional.



A prancha alisadora:

As pranchas vieram para facilitar, e muito, a vida das mulheres. Com elas, basta secar os fios depois do banho e separar o cabelo em mechas com três dedos de largura e um de espessura para depois deslizar a prancha até as pontas até que os fios fiquem lisinhos. O processo deve preservar os fios muito próximos ao couro cabeludo e deslizar pelo cabelo sem pausas para evitar que eles sejam queimados e fiquem ressecados ou quebradiços.
“Para ficar perfeito, a mulher deve aplicar um spray de brilho no cabelo depois de usar a prancha”, aconselha o cabeleireiro Beto Silva. A prancha é apertada contra os fios e deslizar quantas vezes achar necessário até que eles estejam lisos.
Para que o resultado fique ainda mais satisfatório, vale fazer uma escova prévia e finalizar com a chapinha, nome popular da prancha. Outra dica é deixar os fios bem penteados para evitar quebras durante o processo.

Alisamento japonês:

Antes de correr para um salão, analise as técnicas e converse com um profissional para descobrir a mais indicada para o seu caso e tipo de cabelo. Vale lembrar que o alisamento progressivo está proibido pela Anvisa por conter formol em sua fórmula.
O profissional que for aplicar a técnica faz antes de tudo uma avaliação rigorosa para saber se os cabelos comportam tanta química e só depois aplicam o produto e a prancha alisadora.
A evolução da técnica já permite que cabelos tingidos recebam os produtos químicos e fiquem com um resultado satisfatório.

Amaciamento:
O amaciamento é um processo químico que diminui em 50% o volume e rebeldia do cabelo, mas não garante que eles mudem de forma e fiquem lisos. O processo pode ser feito em casa e exige alguns cuidados especiais para não danificar os fios e ter resultados satisfatórios.
Antes de correr para a farmácia para escolher a marca do seu amaciador, faça uma análise* rigorosa da qualidade dos fios e proteja as partes danificadas (cabelos afetados pelo ressecamento, mechas muito claras e resíduos de outros alisantes devem ficar de fora e não receber a química do amaciante).
“Dos processos para alisar os cabelos, este é o mais suave e pode ser feito até em cabelos com reflexo desde que haja uma avaliação rigorosa das condições dos fios”, garante Beto Silva.
* A análise do fio consiste em uma avaliação se há ou não química nos cabelos como as tinturas e permanentes. Depois é necessário testar a elasticidade dos fios. Se eles tiverem efeito elástico quando puxados, estão aptos ao processo. Se quebrarem, é melhor esperar algumas hidratações.

Fonte: www.terra.com.br

1 Comentário »

Deixar uma Resposta »