Relaxe seu pé

Alessandra Quedi 20 de maio de 2013 0
Relaxe seu pé

Seja em um salto alto ou com um tênis superconfortável, curtir o Carnaval (e shows, baladas e afins) detona qualquer pé. Ou você não lembra da última vez em que “se acabou” e não conseguiu pisar no chão ao acordar? De acordo com a reflexologia, o pé é uma área onde estão terminações de feixes de energia que estão ligados a todo o corpo. Ou seja, sobrecarregá-los pode acarretar problemas ainda maiores, como dor nas costas, nos quadris e na cervical.

Escalda-pés: aprenda a relaxar sem sair de casa

Assim que a folia acabar, reserve um tempo para recuperar seus pés. “Um simples escalda-pés (não indicado para diabéticos) é capaz de milagres. O calor da água puxa a circulação para os pés, o que ajuda a esfriar até a cabeça”, sugere o podoterapeuta Luiz Pedreira, fundador da rede Spé.

Dicas básicas para recuperar dos pés
Coloque os pés em uma bacia de água quente por cinco minutos. Passe-os para outra, de água fria, por 30 segundos. Repita a imersão três vezes.

Com os pés secos, espalhe um creme hidratante e faça uma massagem por 10 minutos com movimentos de deslizamento.

Sente-se, apoie o pé em uma bola de tênis e faça movimentos para frente e para trás, do calcanhar às pontas dos dedos.

Coloque as pernas e os pés para o alto por cerca de 15 minutos, o que contribui para evitar inchaço, além de ser ótimo para ativar a circulação.

Alongamento
Lateral do pé: sente-se confortavelmente com uma perna cruzada sobre a outra. Segure a frente do pé e puxe os dedos para dentro, em direção a você. Fique na posição por três ciclos respiratórios, depois puxe os dedos para fora, permanecendo na posição por três ciclos respiratórios. Relaxe e repita com o outro pé.

Círculos com tornozelo: movendo os dedos do pé no sentido horário, trace a forma de um grande círculo. Rode o pé cinco vezes no sentido horário e depois repita no sentido contrário. Repita com o outro pé.

Dedos do pé para trás: sente-se e erga o pé. Segure o calcanhar para manter o pé firme e puxe os dedos dos pés para cima, em direção à canela.

Coloque os dedos da mão sob os dedos do pé; puxe-os e alongue-os, em vez de apenas dobrar os dedos para frente. Fique na posição por três ciclos respiratórios, depois repita com o outro pé.

Sugestões de alongamentos do livro “Alongamento, a maneira saudável e segura de manter o corpo em forma”, de Suzanne Martin.

Ande mais descalço: a sola do pé é cheia de sensores que ajudam o cérebro a controlar melhor o movimento e o equilíbrio, então é importante tirar os sapatos e sentir o chão de vez em quando.

Em pé, tente deixar o arco interno do pé mais alto, sem mover o restante da perna. Você deve sentir que está fazendo força nos músculos da sola do pé. No começo é difícil mas é só uma questão de prática.

 Eleve somente o dedão e depois eleve os outros dedos mantendo o dedão no chão. Abra e feche os dedos.

 Arraste os dedos no chão como se quisesse usá-los para puxar algo para perto de você.

Fonte: GNT

Deixar uma Resposta »