Dicas para um bordado perfeito em ponto cruz

Alessandra Quedi 12 de maio de 2014 3

Dicas de bordados ponto cruz, agulhas, tecido e metragem para iniciante na maravilhosa arte de ponto cruz.

ETAMINE
CÂNHAMO-FINO
PANAMÁ
LINHO
TALAGARÇA PLÁSTICA

Bordar é sempre um prazer! Ver seu trabalho pronto e receber os elogios por sua arte e criatividade, completa esse prazer.Para garantir que a beleza de seu trabalho dure a vida toda, aqui estão algumas dicas preciosas das linhas Anchor:

* Lave as mãos antes de iniciar o trabalho e sempre que perceber que estão suadas, para evitar que o suor manche o trabalho;

* Guarde o trabalho em uma sacola ou cesta apropriada quando não estiverem bordando, para protegê-lo da poeira, respingos, etc.;

* Use fios de aproximadamente 45 cm de comprimento, para evitar que os fios formem nós, fiquem torcidos ou desfiem quando estiver bordando;

* Lave cada trabalho separadamente. Prepare o molho com água na temperatura de 60graus Celsius em grande quantidade e assegure que o sabão seja neutro e esteja completamente dissolvido antes de mergulhar o trabalho;

* Enxágüe o trabalho diversas vezes em água corrente abundante;

* Não devem ser usados nenhum tipo de branqueador e/ou alvejante óptico no trabalho.

* Não torça o trabalho. Enrole entre duas toalhas ou outro tecido bem absorvente na cor branca, espremendo gentilmente, sem torcer. Não deixe que o trabalho enrole sobre si mesmo;

* Se desejar engomar o trabalho, prepare a goma seguindo as instruções do fabricante. Mergulhe o trabalho inteiramente na solução, deixe alguns minutos e retire deixando escorrer bem. Não torça o trabalho; proceda como mencionado acima para tirar o excesso de água;

* Desenrole e estenda o trabalho sobre uma toalha em superfície plana. Nunca deixe o trabalho úmido dobrado ou empilhado;

* Passe o trabalho entre duas toalhas ou outro tecido na cor branca com o lado direito do bordado voltado para baixo. Use o ferro de passar não muito quente;

* Mais uma dica para você: Compre sempre a quantidade necessária de meadas para fazer todo o trabalho, pois podem haver diferenças entre os lotes de tingimento. Nossas meadas possuem número de lote para facilitar a sua compra.

* * BASTIDOR – você sempre obtém melhores resultados quando usa um bastidor. Ele mantém o tecido firme, o que permite bordar de modo mais uniforme, ele consiste em um aro interno que se encaixa a um aro ajustável externo. São feitos de madeira ou de plástico e seus tamanhos variam de 10 a 30 cm de diâmetro. Porém, bordar com o uso do bastidor torna o bordado mais demorado, uma vez, que são necessários dois movimentos para se fazer o ponto.
* Para evitar que o tecido durante o trabalho desfie, faça uma pequena dobra em toda a volta do tecido e passe um alinhavo.

* Para fazer todos os pontos no mesmo sentido é só levar o fio por baixo do ponto anterior, na carreira de volta.

* Ao terminar um trabalho sempre lave, passe à ferro morno levemente pelo avesso, sem pressionar muito o bordado e engome.

* Se não quiser ou não souber fazer 1/4 ou 3/4 de ponto, basta deixar de bordar os quadradinhos com um triângulo colorido que aparecem em certos gráficos mais elaborados e por fim defina-os com ponto atrás (contornos). Você pode usar esse truque quando quiser para acelerar seu trabalho, mas nunca deixe de praticar os pontos fracionados, eles são necessários para fazer um lindo trabalho.

* Quando trabalhar uma área parcialmente bordada, prenda a linha nova cuidadosamente pelo avesso passando a agulha sob um grupo de pontos. Para arrematar, passe a agulha sob um grupo de pontos, pelo avesso e corte o excedente de linha, procure caprichar, mantenha a linha que sobra bem segura, evitando que ela se solte com o uso e
com as lavagens freqüentes.

* Comece a bordar sempre a partir do centro do gráfico, para isso encontre o centro do tecido, dobrando-o no sentido horizontal e vertical, se preferir marque as dobras com alinhavos.

* Certifique-se que o tamanho do tecido seja suficiente para realizar o bordado, para isso
conte quantos quadrados compõem o gráfico da receita e faça o mesmo com o tecido, oriente-se pelas instruções dadas em cada projeto ou conte os pontos.
* Deixe sempre uma folga no tecido para que posteriormente, você possa usar o bordado para montar um quadro, uma almofada ou aplicá-lo em outro tecido.

* Os desenhos para bordados em ponto cruz, são sempre ilustrados por gráficos que contêm:
a) áreas delimitadas, normalmente ilustradas por um quadradinho que representam 1 ponto;
b) cada quadradinho, terá em seu interior um símbolo, que representará uma cor;
c) a legenda terá todos os símbolos usados no gráfico com a cor da linha correspondente.

O bordado em ponto cruz são executados em tecidos entrelaçados (tecidos com fios contáveis), seguindo o gráfico quadrado por quadrado. Os tecidos mais usados são o Cânhamo e o Etamine.

Os tecidos próprios para ponto cruz tem fios contáveis, entrelaçados em blocos, um a um ou dois a dois, formando tramas abertas ou fechadas, desta forma o motivo bordado fica maior em tramas abertas e menores em tramas fechadas, ·por esta razão, deve-se transformar as medidas do motivo em pontos por centímetro.

Vale lembrar que o Ponto Cruz, pode ser feito em qualquer tecido, desde que se aplique,
através de alinhavo um retalho de tecido desfiavel (Cânhamo/ talagarça), que após o bordado finalizado, será retirado, umedecendo-o e puxando fio por fio com uma agulha ou pinça. Porém durante o trabalho deve-se tomar cuidado para que a agulha não prenda o cânhamo ao tecido, pois isto dificultará a retirada do mesmo, comprometendo o trabalho.

Tecidos para o bordado

ETAMINE – indicado para principiantes, pois os fios formam blocos (quadradinhos) bem definidos, que facilitam a contagem dos pontos. O etamine poderá Ter 4, 5, 6, 7 ou 8 pontos por cm. No caso de bordar no etamine de 4 pontos por cm o motivo ficará bem maior do que se bordar do tecido de 8 pontos por cm.

CÂNHAMO – FINO – com variação na espessura dos fios, tem trama fechada, indicado para motivos delicados, nesse caso, cada ponto é trabalhado sobre dois fios na horizontal e dois na vertical. GROSSO – esse tipo de cânhamo tem fios encorpados e de fácil contagem, é recomendado para execução de peças mais estruturadas, como cortinas, sacolas, jogos americanos, mantas de sofá.

PANAMÁ – a trama com três fios torcidos, é semelhante à do cânhamo, só que mais fechada. Conhecido também como linhão, é indicado para a confecção de almofadas, quadros, cortinas.

LINHO – de trama mais fechada que a do cânhamo, é ideal para trabalhos finos e requintados, exige habilidade da bordadeira, pois os pontos devem ser homogêneos, não podendo repuxar os pontos tornando-os desiguais e comprometendo o resultado. Neste tecido trabalha-se com um fio de linha na agulha, é necessário ter vista boa, pois a trama do tecido é muito fechada e irregular, o ponto é trabalhado como no cânhamo fino, enlaçando a agulha em dois fios na horizontal e dois na vertical.

TALAGARÇA PLÁSTICA – é o material mais moderno para bordados e oferece várias possibilidades. Trata-se de uma folha plástica, com uma grade perfurada, é de fácil manuseio e a trama não deforma. Não precisa moldura e as pontas não desfiam. Pode ser usada na confecção de porta copos, toalhinhas, imã de geladeira, lembrancinhas ou para a confecção de objetos tridimensionais, como caixinhas ou porta lápis.

Informações para bordar ponto de cruz: • Dê preferência aos tecidos de trama regular, cujos furinhos, visualmente formam um quadrado perfeito, para evitar a deformação do motivo a ser bordado. Verifique também se os fios que compõem a trama são claramente visíveis para facilitar a contagem dos pontos. • Para iniciar um bordado de ponto de cruz em tecido cortado (etamine ou cânhamo, por exemplo.), verifique se o tecido foi cortado seguindo a trama do fio, para que o acabamento na bainha fique reto. • Antes de iniciar o bordado, alinhave as bainhas para não desfiar. Você pode fazer a bainha de seus trabalhos com pontos invisíveis, para ficar mais delicado e bonito. • Depois de acertar as beiradas do tecido, marque o centro com pontos de alinhavo usando fio colorido. • Conte os pontos do gráfico escolhido e marque o espaço que o mesmo vai ocupar no tecido. • Comece a bordar a partir do centro do motivo. Observe para que todos os pontos sejam bordados para o mesmo lado. • Para um melhor resultado no visual do seu trabalho, borde todos os pontos com a mesma tensão. Não aperte muito o ponto, pois isto causará ondulações no tecido ao redor do bordado. • Lave as mãos freqüentemente durante o trabalho. A gordura natural das mãos pode sujar os fios de bordar e o tecido. • Quando começar a bordar, evite fazer nós no verso. Segure a ponta do fio com os dedos pelo lado de baixo do tecido e cubra-o com os pontos de bordado seguintes. Para finalizar um fio, passe a agulha por alguns pontos bordados, pelo lado de baixo, puxe o fio e corte rente ao tecido. • Se o fio de bordar ficar torcido segure o seu trabalho no ar, e deixe a agulha pendurada para o fio se distorcer. • Evite cruzar fios da mesma cor de uma área para outra, no verso do trabalho; para ficar um trabalho mais limpo, arremate o fio e comece novamente na outra área. • Se você errar alguns pontos, faça a correção logo que perceber o erro. A melhor maneira de desmanchar um bordado é tirar o fio da agulha e desfazer cuidadosamente, ponto por ponto, com o auxílio da própria agulha. • Quando bordar o tecido para colocar em quadro com vidro, sugerimos lavar o trabalho antes de emoldurar. A gordura que passa das suas mãos para o trabalho, com o tempo poderá manchá-lo.

3 Comentários »

  1. Iramaia Froes 13 de agosto de 2009 at 12:51 - Responder

    Amiga, fiquei encantada com seus bordados.Pessoas como voce merecem destaque. Obrigada pela colaboração, pois eu também amo bordar ponto cruz. Obrigada. Beijos, Iramaia

  2. laura 5 de julho de 2008 at 09:38 - Responder

    adoreiiiiiiii,muito obrigada.continue assim ,generosa.Pois,ao dividir seu conhecimentos e materiais com outras pessoas mostra sua grande compaixao e sabedoria.obrigada.bjs ,laura.

  3. angela duarte 31 de maio de 2008 at 18:54 - Responder

    adorei te visitar, mas estou aprendendo a arte doponto cruz e gostaria de um grafico pra toalha de banho ele ela,será que vc pode me enviar?
    obrigado

Deixar uma Resposta »