Abraçar é uma demonstração de amizade e também significa ligação, união.

Alessandra Quedi 10 de julho de 2008 0

phpgX5K48

Aquele abraço…  Abraçar é uma demonstração de amizade e também significa ligação, união. Selecionamos 10 MOTIVOS para você exercitá-lo com algo ou alguém. Vale a pena.  Texto: Ana Holanda

  1. 1 UM AMIGO | O abraço, por si só, é sinal de afeto. Mais do que isso, este é um movimento que gera sensações positivas. Essa é a teoria do livro A Terapia do Abraço (ed. Pensamento), de Kathleen Keating.
  2. 2 UMA CAUSA | Vale aquela com a qual você se sente mais à vontade: de visitar idosos a participar de projetos na área ambiental. Em www.voluntariado.org.br, você descobre a organização mais próxima.
  3. 3 UMA ÁRVORE | Envolva seus braços ao redor de uma. O efeito é revigorante. Mas, relaxe, se você é de personalidade discreta. Também vale entrar em campanhas do tipo “plante uma árvore e salve o planeta”.
  4. 4 UM BICHO | Você pode se apegar a um bichano. O site www.queroumbicho.com.br o ajuda na procura. Ele tem um cadastro de animais disponíveis para a adoção.
  5. 5 NA ÁGUA | Dá para fazer isso por meio de uma terapia conhecida como watsu. Acontece na piscina com água quente e você flutuando, próximo ao terapeuta. É relaxante e a sensação é de colo.
  6. 6 UMA ALMOFADA | Basta ver uma que vem a vontade de agarrar. Dica: experimente uma da Fom, marca de acessórios (almofada, pufê) que se adaptam ao corpo. www.fom.com.br.
  7. 7 UM DESCONHECIDO | O movimento Free Hugs (abraços grátis) começou na Austrália, em 2004. A proposta é abraçar desconhecidos. Saiba mais em www.abracosgratis.com.br.
  8. 8 UM XALE | Aquela manta de lã para colocar nos ombros nos dias mais frios. Ajuda a compor o visual e dá a sensação de um abraço desses que aquecem o corpo.
  9. 9 AMMA, A GURU DO ABRAÇO | Ela é indiana e já abraçou milhares de pessoas. Quem a conheceu relata a experiência como amorosa. Acompanhe seu trabalho em www.ammabrasil.org.
  10. 10 CRISTO REDENTOR | De braços abertos, ele é uma eterna inspiração para os poetas. Uma sugestão é conhecê-lo mais no belo livro de arte, recém-lançado, Cristo Redentor (ed. Aprazível).

Fonte: Revista Bons Fluídos

Deixar uma Resposta »